O bacalhau na dieta: permitido ou não?

0

Que português não gosta do bacalhau tradicional? Muito consumido pelos portugueses, este peixe é pescado no atlântico norte e é vendido fresco, congelado, seco ou salgado. Cozinhamo-lo de mil e uma formas, mas será que sempre o cozinha da forma mais saudável? Pois, nem todas as receitas contam calorias e o nosso famoso e saboroso bacalhau com natas não é a preparação mais dietética que existe. Ele é o rei do Natal e está sempre presente no menu de consoada e dos pratos natalícios, impossível resistir. Está a fazer uma dieta ou apenas a adotar novos hábitos para não ganhar peso e gostava de incluir o bacalhau no seu cardápio? Será que conhece tudo acerca do peixe mais português que existe? Descubra de que forma pode cozinhá-lo para que não perca nenhum dos seus nutrientes e que todos os seus benefícios sejam aproveitados ao máximo na sua dieta.

As propriedades do bacalhau

Temos a sorte em Portugal de ter um peixe tão rico todos os dias nos nossos mercados. Na realidade, o bacalhau é um peixe versátil que podemos cozinhar de todas as maneiras possíveis. Este possui imensas propriedades vantajosas, pois é de fácil digestão e é rico em proteínas de alto valor biológico e faz parte dos melhores alimentos contra a retenção de líquidos por ser uma proteína magra. Também contém minerais, fósforo, sódio, potássio, ferro e cálcio. Ademais, o bacalhau contém ómega-3, excelente para melhorar a concentração, a memórias, mas serve principalmente para eliminar o mau colesterol e aumentar o bom. Ele ajuda então a desenvolver o sistema imunológico e a proteger o sistema cardiovascular.



Será que podemos introduzi-lo no nosso menu de dieta? A resposta é sim, ele é sem dúvida um elemento de uma alimentação saudável! Sendo um peixe magro e fonte de muitos nutrientes, pode inseri-lo na sua dieta. As pessoas que sofrem de hipertensão têm que tomar precauções, pois o bacalhau é muito salgado. Serão necessárias aproximadamente 48 horas para demolhar postas grandes e 6 horas para demolhar bacalhau esfiapado. Note que o sal pode criar vários problemas, nomeadamente a retenção de líquidos, pelo que a primeira tarefa para combater este problema é diminuir drasticamente as quantidades diárias de sódio.

O bacalhau na dieta para emagrecer

Há imensas maneiras de cozinhar o bacalhau e, muitas vezes, não é ele o mau da fita, mas sim o acompanhamento: a batata, a batata frita, as natas, os cremes e os fritos em geral. Uma posta contém aproximadamente 100 kcal, o que faz dele um dos peixes preferidos dos nutricionistas. Este peixe também pode fazer parte dos seus almoços saudáveis para levar para o trabalho, numa salada de grão, por exemplo.

O truque é simples, mantenha o bacalhau cozido ou grelhado no forno mas substitua a batata por outros legumes e os molhes por cremes menos pesados.

  • Bacalhau com natas, sem natas. Não frite a batata, opte por cozê-la em água ou então substitua-a por um legume, espinafres ou brócolos e para unir tudo, coloque um ovo. Para fazer as natas, use leite magro e um bocadinho de farinha, para dar textura. A outra opção são as natas de soja light, se gostar do sabor!
  • Bacalhau à Braz, sem batata. Eis uma versão muito mais saudável! Vai precisar de legumes, como a cenoura, o alho-francês e algumas azeitonas para substituir as batatas fritas! Faça um refogado com um fio de azeite para deixar os legumes ligeiramente cozidos. Em seguida, junte o bacalhau ao preparado de legumes e ponha um ovo para juntar tudo e disponha as azeitonas! Já está!
  • Bacalhau espiritual, light. Como tornar esta deliciosa receita mais leve? O truque está no béchamel. Faça um molho com iogurte natural, queijo de tipo philadelphia e uma gema de ovo cozido. Enquanto, faça um refogado com azeite, cebola, alho, louro e alho francês. Depois, junte a cenoura e coloque o bacalhau desfiado!

No comments

Como emagrecer no inverno

Gostava de perder alguns quilos, mas não quer sair de casa porque está frio? Descubra algumas dicas para emagrecer no inverno. Vai passar a gostar ...