O que deve saber sobre as bebidas light

0

Tem surgido nas pessoas uma vontade cada vez maior de ser mais saudável e de ter mais cuidado com a alimentação. No entanto, nem todos estão dispostos a deixar de lado por completo os refrigerantes e a comida industrial para sempre. Na verdade, é possível reinventar algumas receitas fast-food de forma saudável, apenas com alguns truques. No que diz respeito às bebidas, as grandes empresas seguiram este movimento do cuidado alimentar, criando bebidas "light" ou "zero açúcar". Serão elas realmente livres de açúcares? Bem, o que sabemos é que contêm muito menos açúcar do que as bebidas refrigerantes normais. Por conseguinte, são bebidas menos calóricas. Uma bebida dita "light" contém 1 a 7 kcal e uma bebida dita "zero" contém menos de 1 kcal. Como sabe, as calorias não são sinónimos de vitaminas e nutrientes. Para substituir o açúcar, são usados edulcorantes naturais e artificiais que nada trazem para a saúde.

O lado oculto das bebidas light

Há que ter em conta o facto de este tipo de bebidas se ter instalado na nossa alimentação há relativamente pouco tempo. Quando surgiram, veicularam uma imagem de bebida saudável, porque pouco calórica, consumível no âmbito de uma alimentação saudável. Esta ideia está completamente errada. Mais uma vez, as grandes empresas conseguiram jogar com a carta do pseudo-saudável com as "zero kcal". Agora que conhecemos mais os sumos "light", podemos tentar descobrir quais os benefícios e as possíveis consequências na saúde. Eis os pontos a ter em conta:

  • O primeiro ponto são as calorias, evidentemente mais baixas num refrigerante "light" do que num sumo dito "normal". Podem ser uma boa alternativa para os que estão a fazer uma dieta e que não querem contar diariamente as calorias ingeridas. Uma bebida tem geralmente 8% de açúcar e as bebidas "zero" não têm.

  • O resto dos componentes que formam estas bebidas dietéticas são iguais aos de uma bebida normal. São ingredientes principalmente químicos (conservantes, colorantes, intensificadores de sabor).
  • Embora o sabor doce e agradável destas bebidas seja proporcionado por um químico sem calorias, ela não é saudável. Pois, o aspartame tem cada vez mais inimigos porque alguns estudos demonstram que é nocivo e que pode ser uma das causas das enxaquecas.
  • As bebidas dietéticas não emagrecem. Pelo contrário, há quem diga que aumentam a sensação de fome. Embora não tenham calorias, elas não queimam gordura. Para isso, opte por um chá seca barriga ou outro chá detox que limpe o organismo e ajude a emagrecer.

  • Para intensificar os sabores, alguns refrigerantes contêm sódio, inimigo da hidratação. Muito sódio também não ajuda a combater a retenção de líquidos e pode ser muito nocivo para os rins.
  • Este tipo de bebidas não costumam ter nutrientes, nem fibras, pelo que não devem fazer parte da base da sua alimentação. Se quer ter mais fibras, faça um sumo detox dietético, cheio de frutas.

As bebidas light, com moderação

Outros estudos apontam para um fenómeno comum nas pessoas que precisam de ingerir açúcar. O facto de não ter consumido açúcar "de verdade" e de ter ingerido um produto "vazio", pode despertar uma vontade maior de consumir alimentos ricos em hidratos de carbono.



No entanto, a dieta low carb demonstraram que se cortarmos em carboidratos, temos mais probabilidades de emagrecer. Para concluir, as bebidas light devem ser consumidas com muita moderação, por não serem nada naturais. Além disso, não contêm nutrientes e, em certos casos, o consumo excessivo revela-se contraprodutivo, principalmente numa dieta para emagrecer. Estes sumos light não queimam gorduras e não reduzem o apetite. É sempre mais judicioso tomar algo saudável, apesar de ter calorias.

No comments

Dieta Detox para emagrecer rápido

Se o seu objetivo é emagrecer rápido, então opte por uma dieta detox. A dieta de desintoxicação líquida é a melhor para emagrecer rápida e ...