As saladas menos calóricas

0

Quem não gosta de uma salada fresca? A salada é rica em cores e sempre teve boa reputação. No entanto, há que ter cuidado, pois, nem todas as saladas são saudáveis e emagrecem. Algumas são traiçoeiras por conterem molhos e alguns ingredientes calóricos, como é o caso da salada César, relativamente rica. Muitas vezes, as saladas fazem parte das dietas, nomeadamente das dietas detox, pois contêm água, muitas vitaminas e poucas calorias.

Também existe uma armadilha nas saladas: a combinação de muitos ingredientes. O truque é não ultrapassar os 3 ou 4 ingredientes, para não adicionar mais calorias à conta. O melhor é sempre fazê-la em casa, assim sabe exatamente aquilo que está a colocar na sua refeição. Se o seu objetivo é emagrecer fazendo uma dieta a base de saladas, deverá deixar de lado alguns molhos, queijos e croutons, privilegiando outros ingredientes, menos calóricos, como o tomate, o pepino e a alface.

Os ingredientes incontornáveis das saladas menos calóricas

Uma boa salada constitui uma verdadeira refeição, não apenas um acompanhamento. Ao confeccionar uma salada variada e colorida, estamos a ingerir uma grande quantidade de nutrientes e fibras. Para variar, podemos adicionar uma proteína magra, como um peito de frango grelhado. Isto é particularmente bom se está a fazer uma dieta para fortalecer os músculos. Porém, a base da salada será sempre a alface, ligeira, com um poder de saciação muito alto. Ela é a melhor aliada para manter o estômago calado durante algum tempo, principalmente durante uma dieta.

Alface

Existe uma infinidade de tipos de alfaces, com diferentes sabores, texturas e cores. Deste modo, é ainda mais fácil fazer saladas saborosas. Todas são benéficas para a saúde e têm alto teor de água. Basta escolher a que mais lhe agradar. Aqui vão algumas: iceberg, crespa, frisada, lisa, mimosa, romana, roxa, etc.

Esta hortaliça ajuda realmente a emagrecer pelo seu efeito de saciação que trar-lhe-á. Além disso, o seu consumo não cria picos de açúcar no sangue por ter um índice glicémico baixo. Além de conter imensa vitamina A, é antioxidante, diurética e rica em fibras, o que o ajudará a expulsar os líquidos a mais e a regular o seu trânsito intestinal. Note que a alface, quando consumida ao jantar, pode ser uma excelente aliada porque é um dos alimentos que ajuda a dormir melhor, devido ao lactucarium que contém.



Tomate

Um incontornável das saladas, ele está em todo o lado. Tem muitas propriedades para a saúde e poucas calorias (em 100 gramas há apenas 18 calorias). Contém antioxidantes poderosos, como a vitamina A e C e betacaroteno que ajudam a fortalecer a saúde dos ossos, dos olhos, da pele e do coração. Além disso, o licopeno faz deste alimento um excelente aliado numa dieta contra os quilos a mais.

Queijo

O famoso queijo, adorado por todos e que acaba por ir parar, inevitavelmente, nos nossos pratos, quer nas massas, quer nas saladas. Bem, o queijo não é assim tão mau e pode ser incluído numa salada dietética ou num regime alimentar para emagrecer. No entanto, o aviso é sempre o mesmo: cuidado com o queijo que vai escolher, escolha um queijo com pouca gordura. Este produto lácteo pode rapidamente aumentar o número de calorias. Os queijos que têm mais calorias são o parmesão, queijo de cabra, cheddar, gruyère, roquefort, queijo azul etc. Opte por um queijo fresco que vai manter a salada saudável e baixa em calorias.

Pepino e picles

Se adora os pepinos, as cebolas, as alcaparras e os picles, fique já a saber que pode incluí-los numa salada, mas em quantidades razoáveis, uma vez que não são muito calóricos. Estes aperitivos em conserva, que costumam ter um sabor a vinagre, são uma opção viável para realçar a sua salada e dar-lhe mais pica. No entanto, não exagere com as azeitonas que são traiçoeiras, não coma o frasco todo, mas apenas 4 ou 5, para dar cor e sabor à sua refeição.

Carnes brancas e pescado

Para obter uma salada completa, vai precisar de proteínas, assim como para qualquer refeição que contenha tudo para responder às suas necessidades. Opte por carnes brancas, de perú ou de frango, muito presentes em dietas para perder peso, nomeadamente em dietas detox, por serem magras. Se preferir proteínas vindas do mar, pode consumir atum em lata. No entanto, assegure-se de que seja natural para manter os níveis de calorias baixos na sua salada. Existem outras opções, como as gambas ou o camarão congelado, baixos em calorias e que o ajudam a variar os sabores da sua salada e a lhe dar um toque especial.

 

No comments

Calorias nas Dietas para Emagrecer

Nas dietas para emagrecer o segredo está nas calorias que consumimos diariamente. Numa dieta para emagrecer é necessário diminuir o consumo de calorias