Quantos quilos emagrece a Dieta da Proteína?

A dieta da proteína pode parecer difícil dada a sua longa duração e grande restrição alimentar. Todavia, o organismo habitua-se muito facilmente a este cardápio saciando a vontade de comer. A dieta da proteína é bastante eficiente, tanto a nível da perca de peso como também, no aumento de massa muscular.

Para fazer a este regime, tem de seguir as três fases da dieta da proteína passo a passo. A parte mais difícil é começar a dieta da proteína, tendo em conta que o organismo ainda não está habituado a uma ingestão tão reduzida de calorias.



A proteína deve constar no seu cardápio rotineiramente, os benefícios da dieta da proteína são imensos e por isso estes nutrientes devem estar presentes sempre que possível. Para conseguir perder os quilos que deseja na dieta da proteína, precisa de estabelecer à priori os seus objetivos e saber dicas de como fazer uma dieta para emagrecer para ganhar a motivação necessária.

Quilos perdidos em cada fase da dieta da proteína

Para que este regime resulte sem sofrer as contra indicações da dieta da proteína é necessário que sejam seguidas as três fases do programa:

  • A primeira fase dura 14 dias e, apesar de ser a fase mais restrita, não é onde existe maior perca de peso, pois nesta fase o organismo ainda se está a habituar ao cardápio. Esta fase é a mais difícil e é necessária uma grande força de votande. Neste período pode perder até 7kg.
  • A segunda fase da dieta da proteína tem a duração de 2 semanas e, apesar de não ser tão restrita, é onde existe maior perda de peso, variando muito de pessoa para pessoa. Neste período pode perder até 10kg.
  • A terceira fase consiste no mantimento do peso e evitar o efeito iôiô, para tal o cardápio deve continuar saudável, seguindo os alimentos permitidos na dieta da proteína, pobre em carboidratos e rico em proteínas e vegetais.

Na dieta da proteína a perda de peso acontece muito rápido por isso, é altamente aconselhável que seja acompanhada com muito exercício físico, para evitar a perda de massa muscular e aumento da flacidez na pele. Apesar de ser restrita o exercício é recomendado pois com a quantidade de proteína consumida, não há problema em continuar os esforços. Todavia, é recomendável optar pela musculação em detrimento de exercícios de cárdio.

O regime da dieta da proteína pode ser bastante restrito pois a privação dos carboidratos podem ter alguns riscos no organismo a curto prazo, dado que este não está acostumado, tais como tonturas, queda de cabelo, anemia, cansaço, e desmaios. Estas consequências também são causadas pelo fenómeno que acontece no organismo que causa o emagrecimento e o aumento de massa muscular.

As saladas menos calóricas

Não consegue fazer uma dieta apenas comendo saladas porque não sabe como lhes dar sabor? Descubra estes ingredientes que vão lhes dar pica sem calorias!