A cerveja engorda: mito ou realidade?

0

A cerveja! Essa tal bebida de que todos gostamos e que é ideal para as festas e as tardes de verão mais quentes. A cerveja sempre foi apreciada por muita gente e sempre soube despertar diversos sabores no paladar. Tanto na cozinha, sendo elemento chave em imensas receitas, como no terraço de um café, na conversa com amigos, a cerveja esteve constantemente presente na vida das pessoas. Barata, saborosa, de várias cores e com uma espuma deliciosa, ela consegue agradar a todos. No entanto, esta bebida tem má reputação, por conter álcool.

Todos nós já ouvimos falar da "barriga da cerveja", razão pela qual a cerveja tem a fama de engordar e de deixar o abdómen inchado, fenómeno comum a muitos homens apreciadores deste líquido. Mas será que ao consumi-la regularmente engordamos mesmo ou será um mito? É possível incluir a cerveja no seu dia-a-dia ou tem imperativamente que ser eliminada? Será que esta bebida traz mais benefícios que calorias?

Será a cerveja tão calórica quanto parece?

Assim como qualquer alimentos ou bebida, a cerveja tem calorias e isto não é mito, mas sim verdade. Porém, fiquem a saber que as propriedades da cerveja mostram que esta é uma das bebidas menos calóricas que há. Com apenas 43kcal em 100ml de líquido, o que dá no total aproximadamente 90 calorias por 250ml, é, claramente, uma bebida que poderá beber nos fins de semana quentes (com moderação!). Além disso, é confeccionada a partir de ingredientes naturais, nomeadamente a cevada, cereal transformado em malte. É, portanto, bem menos calórica que alguns sumos industrializados ou que outros tipos de refrescos, pelo que pode ser uma boa alternativa, mais sã e mais natural. Também pode mudar os seus hábitos e experimentar sumos detox deliciosos para perder barriga.



Além do facto de ser pouco calórica, também possui inúmeros benefícios e isto não é mito. Apesar de ser uma bebida alcoólica que não aparenta ser muito saudável (o consumo de álcool tem que ser moderado!), ela atua a nível do nosso metabolismo, activa-o. Certos cientistas chegaram a afirmar que a cerveja até poderia ajudar a emagrecer devido à molécula nicotinamide riboside que ajuda a acelerar o metabolismo.

Não se pode beber muita cerveja, então?

Assim como para qualquer bebida, até para a água, não se deve exagerar nas quantidades que, com certeza, deixarão rastos, nomeadamente alguns kilos a mais na zona do abdómen. Porém, com algum exercício para perder barriga, é possível resolver o problema. Além do mais, como já sabe, o consumo de álcool não é uma opção sensata na perda de peso e para uma vida saudável em geral. No entanto, tendo em conta as calorias de uma cerveja em comparação com as de um refresco industrial como a coca-cola, esta poderá fazer parte de um extra pontual e será, sem dúvida, uma escolha mais judiciosa para o seu organismo.

Como referido anteriormente, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas nunca é inteiramente saudável, nem para a mente, nem para o corpo, provocando embriaguez e desencadeando outros problemas de saúde relativamente graves. Porém, é curioso constatar que, quando ingeridas em quantidades razoáveis, revelam ser surpreendentemente benéficas, como é o caso do vinho tinto, em que um só copo por dia pode trazer imensos antioxidantes. Tenha em especial atenção os cocktails. De facto, encontramos uma adição interminável de calorias devido às que já se encontram no sumo e na bebida alcoólica. Prefira uma bebida simples como a cerveja e não conte as calorias, nem olhe para os vestígios que elas possam deixar na sua barriguinha. Beba com moderação!

No comments

Como fazer uma Dieta Detox

Para fazer uma dieta detox é necessária muita motivação. Para tal, algumas das dicas da dieta de desintoxicação podem ajudá-lo neste processo de limpeza.